Anarcossindicalismo peruano: adaptando influências transnacionais e forjando práticas contra-hegemônicas (1905-1930)

Fonte: Instituto de Teoria e História Anarquista – ITHA

Steven J. Hirsch. “Anarcossindicalismo Peruano: adaptando influências transnacionais e forjando práticas contra-hegemônicas

À primeira vista, o Peru do início do século XX poderia parecer um lugar improvável para o anarcossindicalismo florescer. Uma sociedade predominantemente agrária com uma grande e economicamente marginalizada população indígena, o Peru dificilmente lembrava uma nação no segundo estágio da manufatura. Neste artigo entretanto, Steven J. Hirsch analisa a força do anarquismo e sindicalismo de intenção revolucionária em território peruano e sua presença no mundo do trabalho e a associação com a luta indígena. A propagação do anarcossindicalismo no Peru, durante as primeiras três décadas do século XX foi resultado de uma confluência de fatores: a ampla circulação de publicações anarquistas e sindicalistas, a influência de um pequeno grupo de imigrantes radicais e intelectuais peruanos, e os contatos entre trabalhadores peruanos e organizações anarcossindicalistas da Argentina e do Chile.

* Baixe o artigo completo aqui:  Steven J. Hirsch – Anarcossindicalismo Peruano: adaptando influências transnacionais e forjando práticas contra-hegemônicas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s