Reflexões sobre trabalho de base de matriz libertária

Antônio Ade, militante da FAG A esquerda brasileira vive uma crise de mobilização que vem de décadas. Isso fica evidente frente ao cenário de ajuste, rearranjo conservador e de retirada de direitos no Brasil pré e pós-golpe. Encontramo-nos desarmados frente a tantos ataques. Mesmo com boas mobilizações recentes, possibilitadas em grande medida pelas novas mídias…

CARTA DE OPINIÃO, MARÇO 2017

Federação Anarquista Gaúcha – FAG Integrante da Coordenação Anarquista Brasileira – CAB Março de 2017 O caminho trilhado no andar de cima da política, desde a retirada do PT do governo federal, continua conturbado e instável. O que vivemos no último período é apenas uma pequena mostra do quanto o reformismo e a conciliação de…

FRENTE PARLAMENTAR EM DEFESA DO BANRISUL PÚBLICO: POSSIBILIDADES E LIMITES

De Resistência Popular Sindical Ao final da tarde desta quarta-feira acontecerá o lançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Banrisul Público, composta por deputados estaduais que dizem se comprometer com a defesa do Banrisul. Este seria um movimento que busca supostamente contrapor as declarações do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, sobre a necessidade da inclusão…

A Greve Geral – Errico Malatesta

Umanità Nova, n.º 132, 7 de junho de 1922 Errico Malatesta A “greve geral” é, sem nenhuma dúvida, uma arma poderosa nas mãos do proletariado; ela é ou pode ser um modo e a ocasião de desencadear uma revolução social radical. Entretanto, eu me pergunto se a idéia da greve geral não fez mais mal…

Revista Socialismo Libertário – 3ª edição

REVISTA SOCIALISMO LIBERTÁRIO 3 – O QUE É ANARQUISMO? Acesse aqui: https://anarquismo.noblogs.org/?p=657 Este terceiro número da revista Socialismo Libertário discute o tema anarquismo e estratégia. Ele envolve questões que nós, da Coordenação Anarquista Brasileira (CAB), temos debatido com afinco no último período, tanto internamente nas organizações, como entre as próprias organizações, que se articulam de…

As mulheres da FAG são feministas?

Nós, mulheres militantes da Federação Anarquista Gaúcha, somos metade da organização. A FAG, por ter uma tradição de 21 anos de constante movimento de crítica e autocrítica, somada à firmeza ideológica, tem se construído e se afirmado, passo a passo, como ferramenta de luta e organização das e dos de baixo que sonham em construir…