Mulher é resistência: rebeldia e luta de corpos indignados

Por Sara Munaretto Vivemos atualmente uma forte ofensiva neoliberal, o que talvez se possa chamar de um ajuste político global, processo que vem se agudizando nos últimos anos. Uma conjuntura de absoluto alinhamento dos estados com o capital financeiro internacional, possível através da crescente militarização da sociedade e do uso da violência como recurso político,…

Contra o aumento dos combustíveis e do custo de vida de toda a classe trabalhadora: tomar as ruas contra o ajuste e a repressão!

Nós, da Coordenação Anarquista Brasileira (CAB), nos solidarizamos e apoiamos a luta dos caminhoneiros e  caminhoneiras que desde a segunda-feira, 21 de maio, estão em greve em diversos locais do país, realizando trancamentos de rodovias federais, estaduais e manifestações de rua. Os diversos interesses em jogo nessa luta, a tentativa por parte do empresariado de tentar…

O Estado é responsável

Carta de Opinião da Federação Anarquista Uruguaia Maio de 2018 La impunidad sigue golpeando los corazones de los uruguayos. Más de 210 desaparecidos, un número similar de asesinados durante la dictadura, bebés secuestrados, decenas de miles de exiliados, presos, despedidos, destituidos… Un precio muy alto pagó nuestro pueblo. Las clases dominantes sacaron a la calle al aparato militar…

A PRISÃO DE LULA E A TRAGÉDIA DA CONCILIAÇÃO: CONTRA O AJUSTE E A REPRESSÃO, SÓ A LUTA POPULAR DECIDE!

O processo, a condenação e a então prisão de Lula se insere em um marco de acirramento da perseguição, repressão e judicialização da política, sobretudo a partir do golpe jurídico/midiático/parlamentar de 2016. Não há dúvidas sobre a parcialidade desse processo, tampouco da celeridade de seu trâmite e do rigor da pena. Certamente se abrirão precedentes…

Assassinato Político, Terrorismo de Estado: Marielle Franco, Presente!

Na noite da última quarta-feira, 14 de março, após sair de um debate com outras mulheres negras, na Lapa, Marielle Franco foi brutalmente executada. O motorista do carro em que Marielle se encontrava, Anderson Pedro Gomes, também foi assassinado. Executaram uma militante, mulher, negra, lésbica, nascida na Favela da Maré, defensora dos Direitos Humanos, vereadora…